Passar para o conteúdo principal
Aefp

Serviço de Saúde

O Serviço de Saúde do Liceu Francês Internacional do Porto, tem por funções:

  • prestar os cuidados imediatos aos alunos sempre que for necessário;
  • dar apoio médico à comunidade escolar em geral ;
  • programar ações de sensibilização sobre temas respeitantes à saúde, de acordo com os programas do Comité de Educação para a Saúde e para a Cidadania (CESC ;
  • efetuar rastreios.
Contact e horários

O Serviço de Saúde está acessível diretamente através do nº 933 025 787 (Enfª Celeste).
É dirigido:

LUN MAR MER JEU VEN
08.20 - 14.00 08.20 - 14.00

08.20 - 11.20

Médica presente :
8.30 - 10.30

08.20 - 14.00 08.20 - 14.00
15.00 - 16.20 15.00 - 16.20   15.00 - 16.20

15.00 - 16.20

Médica presente :
14.00 - 17.00

Regras
  • No momento da inscrição/reinscrição de um aluno, é solicitado aos Encarregados de Educação que preencham uma Ficha Médica no sistema Eduka.
    Toda a informação disponibilizada é revista no início do ano e, se necessário, os encarregados poderão ser convocados à escola (enfermaria), para esclarecimento da situação e/ou formalização de um Protocolo de Acolhimento Individualizado (PAI) ou Projeto Personalizado de Escolarização (PPS) [Ex: casos de patologias mais graves, necessidade de implementação de medidas especiais por motivos diversos, alunos com necessidades especiais, etc].
  • Ter em atenção que toda e qualquer patologia deverá ser comunicada ao Serviço de Saúde e um relatório médico deverá ser entregue na Enfermaria. Este processo deve ser reconduzido no início de cada ano letivo e/ou ao longo do ano, em caso de evolução da doença.
  • Alergias alimentares ou necessidade de evicção de um alimento (por qualquer outro motivo) deverão ser comunicadas ao Serviço de Saúde, para que as medidas necessárias para essa mesma evicção possam ser tomadas atempadamente, ao nível da sala de aulas, passeios escolares e Serviço de Restauração.

É de extrema importância que a informação médica de um aluno esteja atualizada, para que um melhor serviço possa ser prestado, em caso de necessidade.

  • Todo o aluno que necessite de efetuar medicação na escola (quer medicação regular quer por situação aguda ou SOS) deverá entregar na Enfermaria a medicação, fazendo-se acompanhar, obrigatoriamente, de uma cópia da prescrição ou relatório médico.
  • Qualquer doença contagiosa deve ser comunicada, com a maior brevidade possível, ao Serviço de Saúde. O aluno só poderá ser reintegrado na sala após terminar a fase de contágio.
  • Em caso de pediculose (presença de piolhos), pede-se aos pais que informem a escola, para que sejam tomadas as medidas adequadas.
  • Os Encarregados de Educação poderão, por sua iniciativa, solicitar uma consulta ao Serviço de Saúde por qualquer motivo que considerem pertinente.
Serviços

O Serviço de Saúde presta, entre outros, os seguintes cuidados:

  • Tratamento de feridas e traumatismos
  • Encaminhamento de acidentes escolares
  • Comunicação aos Encarregados de sintomas agudos (febre, dores intensas, ou qualquer situação que se justifique)
  • Apoio a professores, psicólogo, etc, em casos particulares de alunos
  • Rastreio visual a determinados anos lectivos
  • Divulgação de informação aquando de casos de doenças contagiosas que o justifiquem
  • Administração de medicação regular e SOS
  • Consultas para situações urgentes ou recorrentes, quando médica presente na enfermaria
  • Participação na Comissão de Saúde Escolar
  • Promoção de iniciativas várias de sensibilização para a Saúde
  • Organização de palestras com intervenientes externos no âmbito da Saúde
  • Acompanhamento aos eventos desportivos de maior dimensão

Em todas as situações que se julguem apropriadas, os Encarregados de Educação são informados do que se passa com a maior brevidade possível.

Administração de medicamentos no estabelecimento :

Continuação de um tratamento a pedido dos pais :

Quaisquer medicamentos a administrar às crianças, durante o período escolar, deverão ser entregues à enfermeira, acompanhados de uma cópia da prescrição médica.
Nos alunos que usam transporte escolar, os medicamentos deverão ser entregues à auxiliar, juntamente com a prescrição médica e a seguinte informação: nome da criança, classe, hora e dose da toma, se não constarem da prescrição.

Administração pontual de medicamentos :

A enfermeira dispõe de alguns medicamentos que poderá administrar aos alunos com autorização dos pais. Quando se tratar de situações graves, em que os alunos necessitem de ser encaminhados para o hospital, os encarregados de educação serão contactados. Assim, os pais poderão levar a criança para o centro hospitalar que lhes convier. Se tal não for possível, a escola assegurará o transporte para o hospital, utilizando o meio mais adequado.

Acções de Formação e Prevenção

Como parte do CESC, acções de formação e de prevenção (preferentemente relacionadas com o programa letivo) são levadas a cabo sobre vários temas ao longo do percurso dos alunos, e envolvem regularmente a equipa médica da instituição, assim como intervenientes externos.

Exemplos de temas e intervenientes possíveis (sujeitos a alterações):

  • As drogas e o álcool: Intervenção da polícia/psicólogo
  • O tabaco e as suas consequências: Intervenção de um pneumologista 
  • Educação para a sexualidade: Intervenção de um psiquiatra/especialistas em Planeamento Familiar 
    • Operação «Fita vermelha »
  • Perigos e desvios da internet
    • Riscos/perigos/dependência da internet
  • Higiene
    • Lavagem das mãos
    • Rastreio visual
    • Equilíbrio alimentar